Propósito

O Núcleo pela Responsabilidade no Comércio e Consumo de Bebidas Alcoólicas no Brasil nasce a partir da união de um grupo de empresas do setor de bebidas alcoólicas, com o objetivo de unificar as vozes e fortalecer as iniciativas individuais que contribuem para que a relação da sociedade com bebidas alcoólicas seja transparente e responsável.

Este grupo considera imprescindível o enfrentamento do comércio e produção ilegal de bebidas alcoólicas em território nacional, problemas que ganham notoriedade em razão do risco à saúde do consumidor, da substancial perda de arrecadação do Estado e da consequente geração de receitas que financiam o crime organizado e a concorrência desleal.

Assim, os esforços deste grupo setorial se concentram em promover um ambiente concorrencial equilibrado e coerente, no qual as bebidas alcoólicas sejam tratadas de maneira simétrica tanto do ponto de vista regulatório como tributário, possibilitando um ambiente de negócios adequado para que se estabeleça uma competição justa, arrecadação de impostos, geração de empregos e valor para a sociedade brasileira.

Informar corretamente o consumidor é a base para a relação responsável e sustentável entre sociedade e o mercado de bebidas alcoólicas. Proporcionar conhecimento e educação com transparência para que maiores de idade optem pelo consumo equilibrado e sustentem condutas responsáveis, pavimentam o caminho para um desenvolvimento ideal dos mercados e para atender os anseios do consumidor consciente.

Pilares

Saúde do consumidor

Trabalhamos para que o consumo de álcool por adultos saudáveis seja feito com moderação e para coibir o uso abusivo ou por grupos de risco.

Consumo Moderado

Disponibilizamos conhecimento científico e informamos o consumidor com transparência, criando as bases de sustentação para o entendimento sobre o consumo moderado de álcool por adultos saudáveis.

Conceito de “Doses Certas”

Pregamos a transparência para que ao consumir álcool se entenda que independentemente da bebida de preferência – seja cachaça, gin, cerveja ou vinho – o importante é a quantidade de álcool que se está ingerindo e não o tipo.

Afinal, álcool é uma molécula e independentemente da bebida: álcool é álcool.

Combate ao mercado ilegal

Propomos e defendemos medidas efetivas de combate ao mercado ilegal de bebidas alcoólicas, para evitar riscos à saúde do consumidor e coibir a competição desleal, além da perda de arrecadação dos cofres públicos.

Isonomia na tributação

Defendemos um sistema isonômico de tributação promovendo competição leal e ponto ótimo de tributação coibindo o crescente mercado ilegal de bebidas.

Publicidade com princípios

Somos comprometidos com a comunicação responsável, esclarecendo ao consumidor a quantidade absoluta de álcool presente em uma dose padrão e acreditamos que todas as bebidas alcoólicas devem se submeter às mesmas regras e restrições.

Associados